Notícias

Calendário do Aquece Rio garante um 2016 intenso muito antes da abertura dos Jogos

- Rio 2016




Calendário prevê 25 eventos-teste; 11 deles valem classificação para o Rio 2016  (Foto: Getty Images)

Calendário prevê 25 eventos-teste; 11 deles valem classificação para o Rio 2016 (Foto: Getty Images)

Não é preciso esperar até os Jogos Olímpicos para se emocionar com o esporte de alto nível no Rio de Janeiro: uma nova leva de eventos-teste agita a cidade já a partir deste mês. Com a inauguração de oito instalações, a temporada do Aquece Rio em 2016 começa em 15 de janeiro uma programação intensa: são 20 competições Olímpicas e cinco Paralímpicas nos próximos cinco meses. É uma operação de grande porte para chegar à cerimônia de abertura dos Jogos, em 5 de agosto, com arenas e logística testadas e aprovadas por alguns dos melhores atletas do mundo.

 

"Aprendemos muito em 2015 e vamos progredir ainda mais. A grande vantagem de ter um calendário de testes extenso como o nosso é poder implementar as alterações de necessidade identificada durante os eventos-teste", diz Rodrigo Garcia, diretor de esportes do Comitê Rio 2016. 

 

Arena Carioca 1 monopoliza três primeiros eventos-teste

Janeiro costuma ser um mês sem grandes emoções no calendário esportivo brasileiro. Não em 2016: no ano Olímpico, as competições começam na terceira semana do mês, com o Torneio Internacional Feminino de Basquetebol, da sexta-feira (15) ao domingo (17). Se em dezembro de 2015 a grande novidade foi a inauguração do Parque Olímpico da Barra, com as quadras do Complexo Olímpico de Tênis, em janeiro chega a vez da Arena Carioca 1. A instalação vai monopolizar os três primeiros eventos-teste no ano ano. Depois do basquetebol, o novo espaço de competições vai ser adaptado em três dias para a disputa do halterofilismo e, após sete dias, sedia a luta Olímpica.

Parque Olimpico Rio 2016

A Arena Carioca 1 (a segunda, do alto para baixo) é a sede dos três primeiros eventos-teste (Foto: Gabriel Heusi/Rio 2016)

 

Oito novas instalações

As duas maiores regiões de competições dos Jogos Rio 2016, Barra e Deodoro, estão cada vez mais perto do ideal. Ao fim da série de torneios Aquece Rio, o Parque Olímpico da Barra, que hoje está 95% concluído, terá cinco de suas nove instalações inauguradas e postas à prova ao longo de 17 eventos-teste neste ano. As Arenas Cariocas 1 e 3, o Velódromo Olímpico do Rio, o Estádio Aquático e a Arena do Futuro recebem suas primeiras competições esportivas até maio. O Campo Olímpico de Golfe, que já está pronto desde novembro de 2015, também é palco de seu primeiro torneio oficial neste ano.

Com o conceito de arquitetura nômade, duas das arenas no Parque Olímpico da Barra já começam a provar a sua capacidade de transformação com a realização do Aquece Rio. Durante a temporada de eventos-teste, a Arena do Futuro é palco de dois esportes diferentes: o handebol e o goalball. Após os Jogos, o legado: quatro colégios da rede pública do Estado surgem de suas estruturas. Já o Estádio Aquático Olímpico, palco das competições de natação Olímpica e Paralímpica, dá origem a dois centros aquáticos, abertos para a população após as competições Olímpicas e Paralímpicas.

Em Deodoro, o "esquenta" para os Jogos não é diferente. A região que recebe 11 disputas Olímpicas e quatro Paralímpicas nos Jogos Rio 2016 tem todas as suas nove arenas inauguradas e testadas até o fim de abril. Em 2016, o Estádio de Deodoro, que sedia as competições de rugby, e a Arena da Juventude, onde acontece o pentatlo moderno, se juntam às outras sete instalações já inauguradas, testadas e aprovadas.

Confira o Mapa de Instalações dos Jogos Rio 2016

Parque Olimpico rio 2016

Eventos-teste de 2016 abrem novas instalações na Barra da Tijuca (Foto: André Motta/Brasil2016.gov.br)

 

Abril é o mês mais agitado

Em abril, dez modalidades serão testadas em oito competições - sete delas no Parque Olímpico da Barra. A ação na Arena Carioca 3 fica por conta do levantamento de peso entre os dias 7 (quinta-feira) e 10 (domingo). No Estádio Aquático Olímpico, as feras da natação competem de 15 (sexta-feira) a 20 (quarta-feira).

Depois, serão cinco eventos praticamente simultâneos: entre os dias 16 (domingo) e 29 (sexta-feira), começam, em sequência, as competições de ginástica, natação Paralímpica, esgrima, pólo aquático e handebol.

Imagem Rio 2016

A ginástica, o nado sincronizado e os saltos ornamentais terão vagas Olímpicas definidas no evento-teste (Foto: Getty Images)

 

Valendo classificação

Dos 25 eventos-teste que estão por vir, três deles valem vaga direta para cinco esportes nos Jogos Olímpicos Rio 2016: o de saltos ornamentais, o de nado sincronizado e o de ginástica (que apontará classificados para as três disciplinas: artística, rítmica e trampolim) - e todos eles serão abertos ao público. Atletas de ponta chineses estão confirmadospara a competição no trampolim.

 

Outra oportunidade para sentir o clima dos Jogos será o evento de marcha atlética, marcado para 28 de fevereiro. Largando do Pontal, os atletas vão percorrer a orla carioca em uma das mais populares provas de rua do programa Olímpico.

 

Outros torneios não distribuem vagas diretas, mas isso não quer dizer que não sejam determinantes na corrida pela classificação para os Jogos Rio 2016 - como o evento de pentatlo moderno, que valerá pontos para o ranking que aponta vagas para os Jogos Olímpicos. Já as competições de helterofilismo, marcha atlética, natação, natação Paralímpica e atletismo oferecem oportunidades para alcançar o índice de qualificação para os Jogos. 

 

Conheça aqui os esportes Olímpicos e Paralímpicos

 

 

Nado sincronizado rio2016

 
O Centro Aquático Maria Lenk será a sede do nado sincronizado nos Jogos Rio 2016 (Foto: Alex Ferro/Rio 2016)