Notícias

Atletas com mais de 60 tomam conta de corrida de 5km no Rio de Janeiro

- Por Renata Heilborn - Eu Atleta




Não era difícil ver na prova de 5km da corrida Super Salto pessoas com o número de inscrição pendurado no peito e cabelos brancos na cabeça. Na linha de chegada, sob um forte sol, diversas pessoas com mais de 60 anos exibiam orgulhosas as suas medalhas. Eles haviam completado mais uma prova, haviam se superado mais uma vez. A temperatura que atingia os 35 graus, castigava a pele. Mas o suor no rosto só ressaltava ainda mais o sorriso e o orgulho por terem passado por outro desafio. Afinal, a terceira idade pode ser a idade do esporte. São eles que garantem. 

euatleta super salto (Foto: Renata Heilborn)

José Gonçalves atribui a corrida o fato de sua saúde ter melhorado (Foto: Renata Heilborn)

José Gonçalves dos Santos, tem 65 anos e se orgulha por ter 14 anos de corrida no currículo. O aposentado começou a praticar o esporte para poder levar uma vida mais saudável, e considera a corrida um remédio contra a diabetes, doença causada pela falta ou pela má absorção de insulina, que atinge milhares de brasileiros. Entre eles, José.

- Corro desde os 51 anos. Já tenho 220 medalhas de corridas concluídas, participei de oito São Silvestres já. Sou muito agradecido, porque correr me satisfaz completamente. A corrida deu o que tenho de mais precioso: minha saúde. Eu corro um dia sim, outro não. Como eu tenho diabete, preciso me cuidar, tomo remédio todos os dias, de manhã e à noite. A corrida me deu uma qualidade de vida muito maior, deixei de ser sedentário, e tenho certeza de que meu corpo já responde melhor à doença. Ainda pretendo correr por muitos anos!

euatleta super salto (Foto: Renata Heilborn)

Há 40 anos correndo, Vitorino já completou 40 maratonas (Foto: Renata Heilborn)

 

O capixaba Vitorino tem 78 anos, 40 deles dedicados ao esporte que mais ama: a corrida. Sobre a prova de 5km, o corredor foi só elogios. Mesmo sentindo dores nas pernas, ele conta que não pretende parar tão cedo. 

- Já fiz umas 15 maratonas, várias meias maratonas, agora estou fazendo mais as de 5km e as de 10km. Gostei da prova muito dessa prova, foi interessante, percurso bom. Tem uma descida violenta, depois uma subida, mas valeu. A corrida me trouxe saúde, me sinto muito disposto. Hoje as pernas não acompanham direito, mas enquanto der, elas vão estar correndo.

euatleta super salto (Foto: Renata Heilborn)

Célio posa com a medalha após completar a prova de 5km (Foto: Renata Heilborn)

Célio, de 75 anos, corre para se divertir, e para poder se superar a cada prova. O carioca detesta fazer tempos ruins. Ele sempre tenta quebrar seus próprios recordes, respeitando os limites do corpo, é claro.

- Essa é a minha oitava corrida só neste ano. Ano passado eu fiz 63 corridas. Fiz a São Silvestre, a meia maratona daqui, e várias de 10km e 5km. Gosto muito de correr, gostei dessa prova de hoje, mas eu poderia ter sido mais rápido. Sempre fico de olho no relógio, e não gosto quando vejo que fui muito devagar. 

euatleta super salto (Foto: Renata Heilborn)

Uruguaio se dedica a corrida por prazer e para manter qualidade de vida (Foto: Renata Heilborn)

Nascido no Uruguai, mas morador do Rio de Janeiro desde os 17 anos, Walter tem rotina de atleta. O corredor de 62 anos viu sua saúde melhorar e hoje não abre mão de participar das provas organizadas no Rio de Janeiro.

- Faço uma ou duas provas por semana, além dos treinos. Treino duas vezes por semana a corrida, nos outros dois dias musculação e um dia deixo para o spinning. Desde que eu comecei a correr, minhas taxas de triglicerídeo, colesterol, baixaram. Também perdi bastante peso. Além disso, minha condição vascular está bem melhor. Correr faz bem a saúde e ainda é muito prazeroso. Quer algo melhor? Todos deveriam tentar pelo menos uma vez, não importa a idade